Demi Lovato é internada em clínica de reabilitação nos EUA

Onze dias após ser internada por uma overdose, Demi Lovato recebeu alta do hospital Cedars-Sinai, em Los Angeles, nos Estados Unidos, neste sábado (4).

A cantora seguiu direto do centro médico para uma clínica de reabilitação fora da Califórnia, segundo o site TMZ, de onde publicou um desabafo sobre o vício em drogas. De acordo com a publicação, os amigos da popstar agora estão preocupados em afastá-la de pessoas tóxicas, especialmente um parente distante que eles acreditam ter um impacto negativo sobre a cantora, informa o Terra.

A equipe de Demi realizou um encontro na semana passada e decidiu que qualquer pessoa próxima a cantora “que não tenha bons interesses”, “baladeiros” e “usuários de drogas” não são permitidos de se aproximar. Outra medida foi mudar o número de Lovato e só fornecê-lo para pessoas confiáveis.

Cantora fala de luta contra vício: ‘Sempre fui transparente’

A norte-americana conseguiu ficar cinco anos sóbria e prometeu continuar a luta contra a dependência em uma nota publicada em seu perfil do Instagram.

“Eu sempre fui transparente sobre minha luta contra o vício. O que aprendi foi que essa doença não desaparece ou enfraquece com o tempo. É algo que eu preciso continuar superando e ainda não consegui isso. Eu quero agradecer a Deus por me manter viva e bem. Aos meus fãs, eu sou eternamente grata por todo o amor e apoio durante essa última semana e todo o tempo. Seus pensamentos positivos e orações me ajudaram a passar por esse momento difícil. Eu quero agradecer minha família, meu time, e a equipe do Cedars – Sinai que esteve ao meu lado durante todo esse tempo. Sem eles eu não estaria aqui escrevendo essa carta pra todos vocês”.

06/08/2018

(Visited 1 times, 1 visits today)