Flamengo leva susto, mas Pedro brilha e lidera virada contra o Resende

A torcida do Flamengo matou a saudade do time campeão brasileiro e da Libertadores, e viu pela primeira vez a formação ideal sob o comando de Jorge Jesus apresentar suas credencias para 2020. Depois de apenas uma semana de pré-temporada, a equipe principal voltou com a mesma cara, o mesmo encaixe, mas sem a potência e pontaria suficientes para um espetáculo debaixo de chuva no Maracanã, com quase 55 mil presentes.

Até as entradas de Pedro e Michael, que deram o toque de novidade ao Rubro-Negro, contribuindo de forma decisiva para a virada sobre o Resende. O placar de 3 a 1 teve direito a gol do estreante Pedro, de Gabigol, em seu primeiro jogo após ter a compra efetivada pelo Flamengo, e Bruno Henrique para fechar.

Alef Manga abriu o placar para o adversário. O time chegou aos dez pontos, em segundo do Grupo A — perde para o Boavista nos critérios de desempate. Sábado, o Flamengo encara o Madureira, no Maracanã.

Antes de a bola rolar, o reencontro teve direito a escalação exaltando os três personagens principais de 2019: Gabigol, Bruno Henrique e Jorge Jesus. Foi também as boas-vindas aos reforços, entre eles o zagueiro Gustavo Henrique, que começou como titular ao lado de Thuler, já que Rodrigo Caio teve um corte no joelho e Pablo Marí foi vendido. A única mudança por opção foi a entrada de Diego no lugar de Gerson, que ainda não está na melhor forma.

Entrosado, o Flamengo teve dez chutes a gol no primeiro tempo contra apenas um do Resende. Mas foi o adversário que fez o primeiro, em contra-ataque após erro de Gabigol. Com as mexidas, o Flamengo virou e fez a festa de Nação, que marcou presença e fez uma linda festa.

04/02/2020

(Visited 1 times, 1 visits today)