Modelo sofre queimaduras de 2º grau e denuncia clínica de estética em Maceió

O caso da modelo e influenciadora digital, Laura Cavalcante, de 23 anos repercutiu nesta semana após uma publicação dela nas redes sociais denunciando uma clínica de estética de renome em Maceió. A modelo sofreu queimaduras de 2º grau nas pernas após um procedimento realizado no local.

Laura não disse o nome da clínica já que foi aconselhada pelos advogados a não fazer. Além das queimaduras, a modelo teve riscos de infecção e ficou com sequelas físicas. A vítima contou que não recebeu orientações por parte dos profissionais antes do tratamento.

Nas redes sociais, Laura disse que foi convidada para participar de uma campanha de divulgação da clínica em troca do tratamento de fotodepilação (que remove os pelos a laser).

A influenciadora disse que não recebeu orientação sobre os riscos e recomendações, e nem assinou algum termo de consentimento.

Laura disse que no procedimento sentiu dor e avisou aos profissionais, mas recebeu a resposta que a região do corpo estava sensível.

“Depois que ela tirou o gel, me perguntou se estava ardendo. Eu respondi que sim, então, logo em seguida, chamou a avaliadora com a qual tive o primeiro contato. Ambas começaram a passar pomada, mas a dor só aumentava. Utilizaram um aparelho de alta frequência, me disseram que era para acalmar a pele, mas não passava. Cheguei a me tremer de dor e elas falaram que era só frio e nervosismo”,contou.

Ela contou que uma das funcionárias disse que o médico passaria um antialérgico já que era apenas uma reação da pele. Laura foi levada para o hospital e a equipe médica constatou que ela tinha tido queimaduras de primeiro e segundo grau.

Só após dois meses que Laura resolveu expor a situação nas redes sociais e ganhou apoio de várias pessoas. O post dela foi compartilhado e serve de alerta para quem faz procedimentos estéticos em clínicas.

05/09/2019

(Visited 1 times, 1 visits today)