Na zona da degola, CRB precisa de segundo turno baseado em “volta por cima”

A realidade do CRB no Brasileirão da Série B tem sido bastante dura. Isso porque, além do time amargar a 18ª posição, dentro da zona de rebaixamento, o clube de Maceió vê seu maior rival local, o CSA, brigando rodada a rodada para chegar a liderança do torneio e com seu retorno a Série A muito bem encaminhado.

Por esse e outros motivos, o clima no Galo da Praia é de encarar o jogo diante do Oeste, que vale pela primeira rodada do returno, exatamente como a oportunidade de um recomeço. Principalmente, para embalar uma sequência de resultados positivos, informa o Terra.

Na visão do goleiro João Carlos, o clube precisa nesse momento ser realista no que se refere aos objetivos dentro da competição. E, inicialmente, a única coisa que pode passar na cabeça dos mesmos é se afastar ao máximo da zona do rebaixamento.

– Vamos lutar para que a equipe, primeiro, se afaste do Z4. O principal objetivo é esse agora. Temos que sair de perto da zona de rebaixamento para respirarmos na tabela de classificação. A partir daí começarmos a focar em outros metas na disputa – analisou o arqueiro.

A questão da confiança também foi abordada pelo atleta de 30 anos de idade, elemento esse que só aumenta a importância de conseguir ganhar da equipe paulista jogando no estádio Rei Pelé:

– Vamos procurar iniciar esse segundo turno com uma grande vitória sobre o Oeste, dentro de casa, diante do nosso torcedor, para ganharmos confiança na competição. Precisamos de um resultado positivo para começarmos a dar a volta por cima na disputa. Esse é o objetivo de todos aqui no clube.

07/08/2018

(Visited 1 times, 1 visits today)